GCM é morto na porta de casa em Ribeirão Pires




O guarda-civil municipal João Tienda, 53 anos, foi assassinado na porta de casa na noite de sexta-feira, em Ribeirão Pires. Dois bandidos cercaram seu Toyota Corolla para roubar a bolsa de sua mulher, que estava no banco traseiro do veículo. Sem entender o que acontecia, ele resolveu descer do carro, acabou baleado e não resistiu aos ferimentos. Os ladrões fugiram a pé. 


O vendedor Marcelo Conde Aire, 23, foi preso em flagrante pela própria GCM como autor dos disparos e foi autuado no DP da cidade por homicídio qualificado. A prisão foi realizada horas após o crime, com a divulgação das características dos suspeitos. 


Marcelo estava em Chevete branco quando foi abordado por guardas-civis. Ele alegou que não tinha qualquer participação no crime, mas a mulher de Tienda o reconheceu na delegacia. A polícia agora vai concentrar esforços para capturar o comparsa de Aire na ação. No depoimento, o vendedor disse que não sabia do paradeiro do companheiro. Antes do reconhecimento, não admitia sequer conhecê-lo. 


 Fonte >> http://amigosdaguardacivil.blogspot.com/2011/12/gcm-e-morto-na-porta-de-casa-em.html#comment-form